Páginas

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Acordou














Finalmente a seleção olímpica acordou e mostrou em Salvador a sua potencialidade. Com boa marcação, movimentação, e com a genialidade de Neymar em alguns momentos, o Brasil atropelou a Dinamarca, e convenceu, dentro daquilo que o torcedor brasileiro esperava. Evidente que a individualidade resolveu, mas se tem que ser assim, que seja. Agora os entendidos que comentam resultados, vao dizer que maravilha e tal. Longe disso. Nem sempre a individualidade poderá resolver. Mas ficou claro que dependemos disso, na medida que não há tempo para treinar. Prevaleceu o talento do futebol brasileiro. Mais que vencer e se classificar como primeiro para as quartas de final, a seleção tira uma bigorna das pernas. Tendencia é de que agora o futebol vai aparecer. Saiu aquela tensão, aquela pressão. Agora é esperar evolução, rumo ao tão sonhado ouro. Hoje os pessimistas viram otimistas. E assim caminha a humanidade.

Foto: colaboração GE

Nenhum comentário:

Postar um comentário